Serj Tankian lê testemunho de um sobrevivente do genocídio armênio

  Mau   Categorias: Genocídio Armênio

Em parceria com o projeto ‘100 seconds’ do portal Mediamax, Serj Tankian leu o testemunho de Sanam Hovhannisian, um sobrevivente do genocídio armênio. Leia o texto e veja o video:

No outono em Musa Dagh, reuniram com suas tropas novamente os armênios que haviam encontrado abrigo nas casas dos curdos e turcos. Desta vez, fomos entregues aos carrascos pelos nossos guardiões.

Eles mataram o meu filho Avetis e outros fugitivos na frente dos meus olhos. Em seguida, eles me bateram com a coronha de um rifle e me direcionaram para frente. Na estrada, uma de nossas vizinhas mulheres teve dores de parto e não poderia continuar andando com a gente.

Um dos soldados nomeado Mamad cortou sua cabeça com um punhal, em seguida abriu seu ventre o cortando, prendeu o bebê em seu punhal e nos ameaçou com ele nos levando para fora.

A esposa de nosso vizinho Harut, Yeva, também estava grávida e ela estava carregando em suas costas a filha de 3 anos. A criança estava chorando de fome, depois de oito dias de fome a mãe não tinha leite em seus seios para alimentá-la e mal era capaz de arrastar-se atrás de nós. O policial ordenou que ela se sentasse e amamentasse sua filha.

A mulher se sentou, o próprio policial tirou o seio da mulher e colocou na boca da menina, e então ele se afastou um pouco, mirou-as e com uma bala súbita pôs fim à vida da infeliz mãe e filha.

3 Comentários

  • Ranielly

    Cara… Isso é tão horrível. </3

  • Wesley

    Por favor na quinta 23, no grande show na Armênia do System of a Down, deixem o stream aqui no site o mais leve possível, pra não da leg e shock. Vou assisti-lo na minha tv 42 via wi-fi.

  • Mayara Santos

    meu Deus…