System of a Down deve confirmar primeiro show na América Latina em 2018. Brasil pode estar na mira; Entenda

System of a Down

Os fãs de System of a Down no México se agitaram na tarde desta segunda-feira (28). Um grande rumor sobre uma apresentação da banda no segundo semestre deste ano se espalhou por diversos portais e fóruns especializados em festivais no país. De acordo com a mídia local, o SOAD será anunciado como atração principal no Force Fest, evento que irá ocorrer nos dias 6 e 7 de outubro no Estado do México. Se confirmada, esta será a primeira data agendada na América Latina em 2018. Cinco shows já estão oficialmente confirmados na costa oeste dos Estados Unidos no mesmo mês.

Recentemente, Serj Tankian e John Dolmayan estiveram em Cabo San Lucas, sul do México, onde afirmaram para um garçom que, de fato, o SOAD irá desembarcar no país em outubro. Veja a postagem em uma rede social:


Se for como em 2011 e 2015, Brasil pode estar na lista!

Os fãs brasileiros também estão animados com a notícia! Se a programação seguir a risca, o System of a Down tem grandes chances de aparecer em nosso país. Em 2011, a banda se apresentou em 28 de setembro na Cidade do México e poucos dias depois desembarcou pela primeira vez no Brasil para performances em São Paulo, em 1 de outubro, e no Rio de Janeiro, em 2 de outubro. A história também se repetiu em 2015, quando em setembro o System realizou novamente duas datas em nosso país, 24 e 25, e dias depois, em 6 de outubro, se apresentou na Cidade do México.

No mês passado, Roberto Medina, empresário e idealizador do Rock in Rio, confirmou ao portal O Globo que o festival estará de volta ao Brasil e irá ocorrer entre os dias 4 e 13 de outubro de 2019. Mais expectativas para que a turnê do System of a Down seja estendida e passe pelo nosso país!

Comentários (4)

  • Cleison Silva

    Ah, eu tô nem ai, eu só quero saber do álbum do Scars, é algo concreto, já cansei de esperar algo do System.

    • Miguel Junior

      é DOIS!

    • Felipe Smith

      /3

  • Lívia

    Ah mano, invés de ir pra São Paulo e Rio de Janeiro como sempre, deveria variar as cidades, nem todo mundo tem condição de ir pra outra cidade. Torcendo pra eles não irem só nas mesmas cidades de sempre (caso eles venham pro Brasil de novo).