“Não consigo respirar” – Serj Tankian escreve nova letra com referências a George Floyd

Serj Tankian (solo)

Serj Tankian compartilhou em suas redes sociais uma nova composição sobre temas atuais no mundo.

De antemão, o vocalista do System Of A Down revelou que a letra faz parte de uma música que será lançada em seu novo EP, intitulado ‘Elasticity’, previsto para este ano.

A letra traz referências sobre a pausa decorrente da pandemia de Covid-19, sustentabilidade, igualdade, justiça e sobre o fatídico dia do assassinato de George Floyd – um homem afro-americano asfixiado por um policial em Minneapolis. A frase “não consigo respirar”, proferida por Floyd pouco antes de sua morte, é reproduzida na composição. Leia o comunicado de Serj:

Escrevi isso há uma semana como letra de uma música eletrônica que estará no meu segundo EP.

Letra:

Eu só quero me levantar, mas não consigo respirar.
Este é o momento em que todos esperávamos a queda normal das rodas, aguardando uma pausa involuntária para pensarmos em nossa própria extinção.
Não temos mais paciência para o amanhã, pois o amanhã foi asfixiado por ontem. Não temos mais paciência para a opressão, pois não é mais a visão de nossos dias.
Estamos exercendo nosso direito de recriar o nosso futuro – sem mais tiranos, reis ou deuses, uma solução sustentável. Precisamos coibir desesperadamente o consumo se quisermos continuar existindo.
Arquitetura dos céus, ninguém será capaz de resistir. O culminar dos eventos criou isso, quando o assassinato injusto de um homem condenou uma nação inteira.
Essa nação possuía o poder de um sistema econômico desequilibrado que vem desmoronando morro abaixo, levando consigo todos os sistemas.
Parece o começo de algo novo, uma revolução efetiva. Onde igualdade e justiça se encontram na esquina de nossa evolução sustentável.
Eu só quero me levantar, mas não consigo respirar.


EP ‘Elasticity’

Em maio, Serj Tankian anunciou que irá lançar ainda em 2020 um EP com músicas de rock que, anteriormente, seriam trabalhadas em um possível material com o SOAD. Em entrevista ao portal do Grammy, Tankian deu mais detalhes:

“Acabei de ganhar mais ferramentas, experiências, sons e maneiras de abordar as coisas, com muitas opções diferentes. No que diz respeito ao EP, inicialmente eram músicas que eu queria fazer com o System Of A Down. Quando não conseguimos resolver algumas coisas olho no olho, eu apenas segui em frente e terminei as faixas. Elas têm mais presença de sintetizadores do que a maioria das músicas do System, mais linhas com arpejos, mas elas ainda têm o ritmo pesado, também muitas coisas com batidas bonitas que se assemelham com o disco Elect The Dead e com algumas das minhas faixas solo anteriores. É um EP realmente bom.”

Nenhum comentário